A Política Como Ela É - Kennedy Alencar

Direto de Brasília, a análise sobre os bastidores do poder.

http://audioglobo.globo.com/cbn/podcast/feed/78/politica-como-ela-e

Eine durchschnittliche Folge dieses Podcasts dauert 11m. Bisher sind 94 Folge(n) erschienen. Dies ist ein täglich erscheinender Podcast
subscribe
share



 

'Bolsonaro faz oposição ao próprio governo'


'É bom mesmo que se faça uma auditoria nas contas do PSL', comenta Kennedy Alencar sobre a crise envolvendo o partido. Ele afirma, no entanto, que é 'irresponsabilidade' de Bolsonaro inflamar a briga, que tem dominado o noticiário e mobilizado a energia do presidente, que tem outros problemas para resolver.


share





   12m
 
 

'É uma irresponsabilidade Bolsonaro priorizar estratégia de reeleição de maneira prematura'


Kennedy Alencar critica a postura do presidente em relação à crise com o seu partido, o PSL. Ele avalia que há " inúmeros problemas reais que demandam a energia do presidente" e que ele "dinamita o seu próprio governo". Comentarista ainda avalia que pensar em candidatura avulsa é um desserviço à democracia.


share





   9m
 
 

'Bolsonaro não tem compromisso com partidos, ele já trocou oito vezes'


Kennedy Alencar comenta o racha interno no PSL, partido de Jair Bolsonaro, deflagrado por declarações do próprio presidente. 'Os partidos no Brasil são cartórios. O Luciano Bivar, por exemplo, tem o controle do PSL. O Bolsonaro está com esse bode todo ao partido por medo de ser associado ao caso das candidaturas-laranja'.


share





   12m
 
 

'Disciplina é diferente de tortura; tortura é barbárie'


Kennedy Alencar comenta ação de improbidade administrativa movida por 17 procuradores do Pará. Foi denunciado por eles um quadro generalizado de tortura em presídios do estado. Ministério da Justiça saiu em defesa da atuação dos agentes e disse que as denúncias ainda precisam de apuração. 'A reação do ministro Moro é completamente inadequada. Como ele tem, que reagir? Dizer que vai apurar e punir possíveis abusos. O que ele falou? Que as bases que levaram a essa ação não estão corretas'...


share





   12m
 
 

Ministro deve lealdade ao presidente, mas, antes, às instituições e à Constituição


Kennedy Alencar afirma que Moro agiu, nas redes sociais, como advogado de defesa de Bolsonaro. 'Em uma democracia, um ministro não pode interferir em inquéritos da PF', critica. 'Os delegados devem ter autonomia para conduzir as investigações.'


share





   4m
 
 

Bolsonaro é aconselhado por parlamentares a fazer reforma ministerial


Kennedy Alencar traz a informação exclusiva e diz que a ideia é usar a mudança para integrar mais partidos ao governo e tentar obter maior governabilidade, com mais apoio no Congresso.


share





   11m
 
 

'A ideia é investigar eventuais abusos e crimes das estrelas da Lava-jato'


O ministro do STF Gilmar Mendes disse hoje que as prisões temporárias na Lava-jato foram um instrumento de tortura. Para Kennedy Alencar, ele está certo na colocação. 'Foi a fala mais forte dele em relação à Lava-jato'. O comentarista destaca que, pela primeira vez, em função do pronunciamento de Mendes, o conteúdo da série de reportagens da chamada 'Vaza jato', do site The Intercept, pode ser investigado.


share





   12m
 
 

'O Queiroz é um homem-bomba sob controle'


Kennedy comenta tramitação da reforma da Previdência, aprovada na CCJ do Senado. 'É uma reforma importante, e é a que Rodrigo Maia negociou'. Ele acredita que há um estresse previsto para a votação de segundo turno no plenário, mas 'tudo dentro do jogo político natural'. O jornalista comenta, ainda, a decisão do ministro do STF Gilmar Mendes de arquivar investigações do caso Queiroz, ao menos por ora. 'Flavio Bolsonaro está no direito dele de recorrer e conseguiu uma vitória importante...


share





   12m
 
 

'Pedir que um livro não circule é uma forma de censura, é um erro'


Kennedy Alencar comenta o pedido feito pelo subprocurador Moacir Guimarães Morais Filho ao Conselho Nacional do MP para que o livro 'Nada menos que tudo', do ex-procurador Rodrigo Janot seja apreendido. O comentarista ainda destaca que o fato de pensar em cometer um crime, como o fez Janot, e não cometer não configura em si um crime.


share





   12m
 
 

'Decisão do STF representa uma grande derrota para Sergio Moro e a Lava-jato'


Maioria dos ministros votou a favor de tese que pode anular condenações. Kennedy Alencar também comenta expectativas para o xadrez eleitoral de 2022, e questiona: será que haverá espaço para Luciano Huck e João Doria, que parecem se movimentar na mesma direção?


share





   9m